Camboja, Laos e Vietnã – Como tirar o visto?

Estou finalizando o planejamento da minha segunda viagem para o Sudeste Asiático. A primeira viagem foi para a Tailândia (Outubro/2015) e aqui no blog vocês podem conferir vários posts onde falo sobre as principais dicas, e detalhes sobre os locais que visitei.

Já adianto que é inevitável se apaixonar pela Ásia. E por este motivo, em Março/2016 vou continuar meu mochilão, e desta vez escolhi fazer Camboja, Vietnã e Laos. O sudeste asiático é um destino diferente, o que vale uma boa pesquisa antes de comprar as passagens; neste post vou falar sobre os documentos necessários para entrar nestes 3 países.


CAMBOJA

O Camboja não tem representação no Brasil. Existem duas opções para tirar o visto:

  • Visa on Arrival: você tira o visto ao desembarcar no aeroporto (em diversos blogs e sites, é mencionada uma taxa de USD 20 a 30). Importante levar uma foto 3×4, que é exigida pela imigração.
  • E-Visa: neste link está todo o passo-a-passo para tirar o visto online. Você preenche e submete um formulário, e no desembarque precisa só apresentar este documento para que o visto seja colado no seu passaporte.

Para quem vai via aérea para o Camboja (como eu), vale mais a pena o Visa on Arrival – você paga a taxa de emissão, mas evita a flutuação da taxa dólar e a cobrança do IOF. Se você for via terrestre, o E-Visa é mais apropriado já que é muito comum as autoridades locais cobrarem uma propina para liberar a sua entrada no país.

 

LAOS

O Laos também não tem representação no Brasil, o que impede que o visto seja tirado aqui. O visto é tirado on Arrival, e é importante levar a foto 3×4 para não pagar taxas extras em dólar.

 

VIETNÃ

A minha experiência com o visto do Vietnã foi surpreendente!

Fiz uma pesquisa na internet e de acordo com alguns blogs e sites, é necessário obter um documento de autorização através de uma agência do Vietnã (é possível fazer isso pela internet), e com este formulário é possível tirar o visto no desembarque no aeroporto. Para aqueles que vão cruzar a fronteira via terrestre, esta autorização não é necessária porém é muito provável que você tenha que pagar propina para as autoridades emitirem seu visto na hora – as agências de turismo e empresas de transporte estão todas envolvidas no esquema, então fica difícil de não ser enganado.

Procurei por alguma informação oficial, e com a intenção de não pagar propina para ninguém (já que vou entrar no Vietnã via terrestre. Encontrei o site da Embaixada do Vietnã; lá encontrei a seguinte observação: “a Embaixada do Vietnã não recomenda e não possui nenhuma ligação com os serviços on-line de vistos ou solicitados diretamente no aeroporto para os turistas estrangeiros.”

Resolvi seguir a recomendação da Embaixada, e iniciei o levantamento de documentos para dar entrada no visto aqui no Brasil. O site está todo em português, então é bem fácil de seguir o passo-a-passo. Você precisa enviar via Sedex:

  • Formulário preenchido, impresso, assinado e uma foto de 4x6cm ou 3x4cm anexada (se você conseguir fazer o upload da foto digital, não precisa enviar a foto);
  • Passaporte original (validade de no mínimo 6 meses) – importante fazer este envio o quanto antes, pois caso seu passaporte seja extraviado, você terá tempo de tirar um novo;
  • Uma cópia do passaporte (somente a página com informações pessoais);
  • Reserva da companhia aérea, reserva de hotel. Lembre-se que quanto mais informações você enviar, mais rápido seu pedido será processo (eu enviei todas as reservas de hotel no Vietnã, e a passagem Guarulhos > Bangcoc > Guarulhos, pois vou comprar o ticket do ônibus no Camboja, e ainda não tinha comprado a passagem Hanoi > Luang Prabang).
  • Envelope com endereço preenchido para retorno do passaporte;
  • Comprovante de pagamento da taxa de visto e taxa de retorno do passaporte pelos correios. Os valores atualizados das taxas devem ser solicitados pelo e-mail: vnconsular@gmail.com. Se você conseguir retirar o passaporte na Embaixada (que fica em Brasília), não é necessário o pagamento da taxa de retorno – somente a do visto. Eu enviei o e-mail, e a taxa do visto em Fevereiro/2016 é de R$ 120,00 (uma entrada).

Existem alguns detalhes, então sugiro que você leia todo o tutorial do site (taxa para visto acelerado, procedimento para retirar o passaporte na Embaixada, entre outros).

Eu postei no correio toda a documentação via Sedex (normal) na sexta-feira, 19/02. Recebi meu passaporte em casa com o visto no dia 24/02 (quarta-feira) – menos de 4 dias úteis!

visto
Visto – Vietnã

Para quem gosta de antecipar este tipo de documentação e evitar eventuais problemas, recomendo o procedimento que descrevi acima pois funciona e é muito eficiente.

 

Nos três casos, é necessário ter um passaporte com validade mínima de 6 meses, e nenhum destes países exige certificado internacional de vacina. Se você tiver o certificado (já que a Tailândia, destino bem próximo, exige), não custa nada levar junto com os outros documentos.

Anúncios

6 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s