Londres, a terra da Rainha

Iniciamos nossa viagem pela Europa em Londres. Uma amiga tinha se mudado fazia um ano, então aproveitamos para visitá-la.

PRIMEIRO DIA

Logo de cara, percebemos como bancamos os turistas! As malas…meu deus, as nossas malas! Eram gigantes, pesadas e completamente desnecessárias. Não imaginava que teria que enfrentar milhares de degraus do metrô, e ainda descer uma estação antes – o que significava andar com aquela mala de rodinhas por alguns quarteirões até o hotel. Em uns 10 minutos de caminhada, chegamos no hotel. Mas não acabou por aí. O Felipe perdeu a chave do cadeado da mala ¬¬. Depois de muito custo, conseguimos um alicate com o hotel, e uns bons minutos depois conseguimos arrebentar o cadeado.

Nos trocamos e saímos para almoçar e conhecer os entornos. Almoçamos na frente do Museu Britânico (British Museum) em um pub chamado Great British Pub Food. Seria o início de longos 20 dias de cerveja/chopp quente, e comidas típicas – neste caso, Fish and Chips.

Depois fomos até o museu (que não precisa pagar pra entrar), e andamos um pouco por lá. É bem interessante, mas como estávamos cansados da viagem não ficamos muito tempo. A noite, a nossa amiga nos levou até a Brick Lane, onde entramos em uma balada bem legal.

 

SEGUNDO DIA

Acordamos cedo e pegamos o metrô até Camden Town. Este é o bairro mais alternativo de Londres, que habita todo tipo de gente – era muito frequentado pela Amy Winehouse.

Mal saímos do metrô e já estávamos em uma feirinha de rua. Enquanto andávamos pelas barracas, a chuva já nos deu as boas-vindas. Só nos restou comprar correndo uma sombrinha e nos abrigar em algum restaurante para almoçar.

A chuva passou e fomos até o Mercado Camden Lock. É uma galeria cheia de coisas muito legais pra comprar; desde decoração para casa, até roupas, souvenirs e comida! Passamos o dia todo por lá.

Na volta, fizemos algumas paradas em pontos importantes próximos ao hotel, e a noite comemos pizza na casa da nossa amiga.

 

TERCEIRO DIA

Este dia dedicamos para o bairro de Westminster. Pela manhã decidimos visitar o Madame Tussauds. Vários artistas conhecidos, e tinha até o Pelé.

DSCF0206
Madame Tussauds

De lá, demos uma volta na London Eye, que é uma roda gigante com cabines fechadas de onde pode-se ter uma vista panorâmica da cidade. Caminhamos até o Big Ben, que fica no Palácio de Westminster; conhecido também como Casa do Parlamento onde estão as duas câmaras (dos Lordes e dos Comuns).

Seguindo em frente, passamos pelo Memorial Women of World War II. Paramos mais a frente para almoçar, e depois exploramos a Trafalgar Square, onde estava localizado o relógio de contagem regressiva para as Olimpíadas.

 

Próximo a Trafalgar Square, alcançamos o Admiralty Arch. A avenida que segue em frente chama The Mall, e nos levou até o Palácio de Buckingham. Ficamos um tempo observando a movimentação dos guardas, mas não conseguimos ver a troca de guardas. Neste dia, andamos demais e só nos restou procurar o metrô para retornar para o hotel.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Três dias são suficientes para conhecer os principais pontos de Londres, mas se tivéssemos mais dias com certeza não faltaria programação para ocupar o nosso tempo. Londres é uma cidade escura, nublada e até parece meio triste – na minha opinião é culpa da falta de sol, mas é cheia de coisas diferentes e lugares para serem explorados, e rica em cultura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s