Colômbia

Planejar a viagem para a Colômbia foi muito fácil…ajudou bastante pegar dicas com um colega de trabalho colombiano, e um casal de amigos que já tinha ido para San Andres.

Aqui neste post você pode consultar todos os hotéis que ficamos, passeio que fizemos e os vôos que compramos para nos deslocar de um lugar para o outro.

Antes, aqui ficam algumas dicas para ajudar no planejamento:

  1. Obrigada, Uber! O Uber funciona perfeitamente em Bogotá e em Cartagena. Conhecemos pessoas que pagaram mais barato no táxi, mas conhecemos várias que pagaram mais caro – aquele velho esquema do preço fechado. Para se locomover nestas cidades USE O UBER, vale MUITO a pena.
  2. Vacina da febre amarela. A Colômbia não exige o certificado internacional da vacina – se você tiver ele em casa, leve. Não custa nada se precaver.
  3. Passaporte. O RG é suficiente para entrar e sair sem problemas da Colômbia, ou seja, não precisa do passaporte – se você é como eu, que adoro um novo carimbo, deixe o RG em casa, e leve seu passaporte 🙂
  4. Transporte. As estradas na Colômbia são muito sinuosas e bem perigosas – e cá entre nós: o motorista do ônibus não está nem um pouco preocupado com a sua segurança. Os vôos internos são baratos, principalmente se você usar a Viva Colombia. Dê preferência para fazer os trechos mais longos de avião.
  5. Viva Colombia. A low-cost é bastante famosa, mas não chega aos pés das low-costs da Ásia. Prepare-se para fila no check-in (ou pague mais para poder fazer o web check-in) e não se deixe abalar pela zona na hora do embarque (como não é permitido marcar os assentos antecipadamente, as pessoas ficam alucinadas para entrar no avião o quanto antes).

Este foi o percurso que fizemos:

Nosso roteiro foi de 3 dias em Bogotá, 3 dias em Cartagena e 4 dias em San Andres. O que sugerimos (agora que conhecemos) é: 2 dias em Bogotá, 2 dias em Cartagena e 6 dias em San Andres. Motivo: adoramos San Andres, e também achamos que foi tempo demais para as outras cidades.

Este foi o roteiro que fizemos e o tempo que ficamos em casa cidade – logo abaixo estão algumas considerações sobre este ponto.

roteiro_colombia

E estes são os hotéis que nos hospedamos ao longo da viagem – eu fiz todos os comentários no TripAdvisor, Booking e Expedia, mas resumidamente segue aqui:

> BOGOTÁ: Masaya Hostel – Este hostel fica em La Candelária, o bairro histórico de Bogotá. A localização é ótima pois dá para conhecer todos os museus e pontos turísticos a pé; eles divulgam os tours gratis que acontecem diariamente (Tour em La Candelária e Tour do Grafite). Ficamos em um quarto privativo, o chuveiro era quente, internet funcionava super bem, mas a cama era um pouco mole demais e o lençol tinha algumas manchas – no geral, aconchegante e valeu o custo benefício.

> CARTAGENA: Casa Alejandria – Novamente optamos por este hostel pela localização; ele fica dentro da cidade murada e tem preço bem em conta. O quarto é um dos mais simples que já estivemos, sem janela e o banheiro bem básico. Internet funcionava bem (ficamos no quarto no térreo) e o ar-condicionado também. Conseguimos fazer tudo a pé, e fomos muito bem recebidos pela equipe do hostel – recomendo somente se você é como a gente, o estilo de viajante que não fica muito no quarto.

> SAN ANDRES: Hotel el Dorado – A ilha é composta de extremos; a hospedagem é muito simples ou muito completa. Tínhamos reservado o El Viajero mas infelizmente alguns dias antes de embarcarmos, surgiram algumas avaliações alegando que o local estava infestado de bed bugs, então optamos por um hotel um pouco mais completo. Fechamos meia pensão no Hotel el Dorado, com piscina, ar condicionado que funciona bem, cama muito confortável e uma vista linda da praia. O café-da-manhã e almoço eram ótimos, e eles inclusive serviam lanche da tarde. É uma ótima opção, mas achamos caro e no geral não recomendamos para aqueles que buscam hospedagem em conta.

Estes são os vôos que pegamos para fazer os percursos internos:

  • Guarulhos (GRU) > Bogotá (BOG) + Bogotá (BOG) > Cartagena (CTG) + Bogotá (BOG) > Guarulhos (GRU) – Avianca R$ 2.722 (total de 3 trechos – 2 passagens , já com taxa de IOF do cartão)
  • Cartagena (CTG) > San Andres (ADZ) – Viva Colombia R$ 418 (2 passagens, já com taxa de IOF do cartão)
  • San Andres (ADZ) > Bogotá (BOG) – Viva Colombia R$ 457 (2 passagens, já com taxa de IOF do cartão)

As reservas dos hotéis fizemos todas pelo Booking.com e Expedia, e os vôos fizemos de Avianca e Viva Colombia. Até então a Avianca tinha sido uma das melhores companias que eu tinha viajado, até o vôo de volta (mais detalhes estão no post do último dia).

A Colômbia é um país maravilhoso, cheio de pessoas muito receptivas e rico em cultura. Conversamos muito com as pessoas por lá, e foi muito interessante saber mais como eles viviam na época em que Pablo Escobar era dono do país; conhecer sobre a FARC, o reggaeton e a salsa; além de comer muita arepa, patacón e arroz de coco.

Sim, voltamos enamorados pela Colômbia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s