A caminho de El Nido…

08/04/2017 – Coron > Puerto Princesa

Nós lemos muito sobre o “barco da morte” que faz o percurso de Coron > El Nido e vice-versa. São 5 horas de barco, e praticamente todos os relatos diziam que muita gente passa mal a viagem toda. Eu enfrento qualquer parada, mas o Felipe passa mal com qualquer coisa…então encontramos um navio da 2Go Travel, que nos levou até Puerto Princesa, e de lá seguimos de van até El Nido.

Levantamos 3AM para ir até o porto; o hotel pediu um triciclo para a gente na noite anterior…ele chegou pontualmente e em 10 minutos já estávamos lá – o porto fica no caminho da Kabo Beach. O esquema do navio também não é para qualquer um…são 15 horas de viagem; os quartos compartilhados são muito baratos (USD 35/pessoa) mas é esquema super desapego porque são vários beliches para várias pessoas, não é muito confortável e os banheiro são compartilhados e não são muito limpos não. Já os quartos privativos são bem legais, mas custam praticamente o mesmo preço de uma passagem de avião, então é válido avaliar o custo/benefício.

Chegamos de noite em Puerto Princesa, e a saída do porto é uma confusão – aquelas bagunças da Ásia, que no final dá tudo certo. Os caras dos triciclos disputavam a gente como um pedaço de carne…depois de negociar um pouquinho, subimos no triciclo e seguimos para o hotel Prima Residence. Escolhemos esse hotel pois teoricamente ele é perto da rodoviária, de onde saem todas as vans para El Nido. Como li em alguns relatos que é mais seguro fechar a van com antecedência, o próprio cara do triciclo arranjou uma caroninha pra gente (o amigo, do amigo, daquele outro amigo rs). Os quartos do hotel são pequenos, bem simples, e no nosso quarto particularmente a TV não funcionava, não tinha papel higiênico no banheiro e o lixo não foi trocado. Apesar disso a mocinha da recepção foi bem solícita e nos ajudou a resolver estes probleminhas; o wi-fi funcionava bem – nada mal para uma diária de USD 15 com café-da-manhã 😊

 

09/04/2017 – Puerto Princesa > El Nido

O cara do triciclo chegou pontualmente, pouco tempo depois de tomarmos o café-da-manhã. Ele nos levou até a agência de onde sairia a van, e foi bom ir cedo porque pudemos escolher onde a gente ia sentar. Ficamos rodando um pouco antes de iniciar a viagem, buscando outros passageiros – por um lado foi legal porque conhecemos um pouquinho de Puerto Princesa, que nos pareceu uma cidade bastante aconchegante.

Como sempre essas viagens de van são loucura total (não tem como não lembrar da nossa experiência em Machu Picchu…a van da morte!). Depois de 2 horas o motorista fez uma parada para o xixi e para comer – como comem esses Filipinos! No meio da viagem o motorista quase atropelou um triciclo com um casal de senhorzinhos…quando eu falo van da morte, pode considerar o real significado das palavras.

Apesar da aventura, chegamos vivos em El Nido!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s