As famosas ilhas Gili

03 a 05/04/2019

Existem 3 ilhas Gili: Gili Air, Gili Meno e Gili Trawangan. Elas são muito próximas uma da outra, mas vale a pena escolher em qual (ou quais!) você vai se hospedar, de acordo com o seu estilo de viagem – no Lonely Planet tem um artigo em inglês bem completo sobre as Gili (clique aqui para ler), mas tem uma infinidade de blogs em português que explicam um pouco mais sobre as principais diferenças.

Sem título

Depois de menos de 30 minutos de barco a partir do porto de Bangsal, em Lombok, desembarcamos em Gili Trawangan!!! Logo de cara, já nos deparamos com várias carroças, que fazem o transporte ao longo da ilha – isso nos deixou bem tristes, ver os cavalos ali carregando aquele monte de gente e mala…

Seguimos a pé para o hotel, que ficava a uns 10 minutos de caminhada dali: Vila Ombak. Nesta primeira tarde, decidimos aproveitar o hotel; só saímos de lá para almoçar em um Warung (restaurante simples com comida caseira) bem avaliado no Tripadvisor.

A noite jantamos no Ocean 2, onde as mesas ficam pé na areia. Também pesquisamos o valor do passeio de barco com snorkeling para o dia seguinte: 650k no barco privado e 100k barco compartilhado (em grupo). Encontramos um lugar que comentou que pelo fato de o barco ir mais vazio, o passeio ficava por 125k – fechamos neste lugar, mas adivinha, né? Super pegadinha rs o barco foi cheio como todos os outros.

IMG_6152 (2)
Ruas de Gili a noite

No primeiro dia na ilha, assistimos o sol nascer por volta das 06:30 da manhã. Logo na frente do hotel, a vista era incrível!

Nosso passeio de snorkeling saiu às 10:00, e seguiu o seguinte roteiro:

  • Tartarugas: o barco nos levou para alto mar, próximo de Gili T mesmo. Nós vimos 4, e o guia levou nossa camêra bem pertinho de uma delas.
  • Estátuas no fundo do mar: estátuas do famoso escultor subaquático Jason DeCaires Taylor no fundo do mar – aqui a disputa por espaço é grande pois todos os tours param ali para os turistas contemplarem as estátuas. Não é tão fundo, e quem se hospeda em Gili Meno consegue ir sem barco, fora do horário de pico.
  • Snorkeling em Gili Air: fizemos um pouco de snorkeling na baía, e descemos lá para almoçar; logo que você desce do barco, eles já te conduzem até um restaurante mais escondido – nós optamos por ficar em um restaurante na beira da praia.

Retornamos por volta das 14:00, e descobrimos que recebemos um upgrade do quarto!!! Mudamos para uma Villa com piscina particular e 2 bicicletas disponíveis! Pegamos as bikes para ver o pôr-do-sol, do lado oposto da ilha. Depois de uns 10 minutos de bike, chegamos em uma região cheia de barzinhos e restaurantes badalados – tinha bastante nuvem no céu, mas escolhemos um dos barzinhos à beira-mar, sentamos no pufe e contemplamos o pôr-do-sol tomando uma cerveja.

Depois do sol se pôr, o volume do som aumenta, e é ali naquela região é onde acontecem as festas em Gili T. Como a gente queria acordar cedo para aproveitar nosso quarto novo, voltamos, jantamos no hotel, e compramos o ferry para nossa viagem até Nusa Lembongan, no dia seguinte.

Passamos a última manhã curtindo a piscina do nosso quarto. E dali, só saímos para pegar o nosso ferry, que estava programado para sair às 10:40 – mas saiu às 11:45. O ferry é grande e tem ar condicionado…mas chacoalhou bastante e o Felipe passou mal. No meio da viagem, paramos em alto mar pois cruzamos com 2 baleias…foi incrível, deu para filmar um pouquinho.

Sem título

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s