JR Pass: o passe de metrô para turistas

A JR é uma empresa privada que gerencia parte das linhas e trens do metrô no Japão. Esta empresa possui um passaporte dedicado aos turistas – JR Pass – que dá acesso ao trem-bala e demais linhas de metrô JR. As regras são:

  1. Uso ilimitado durante determinado período (7, 14 ou 21 dias). O valor varia de acordo com o período selecionado.
  2. Obrigatoriamente adquirido antes de embarcar para o Japão, e somente após a emissão do visto. A compra pode ser feita diretamente no site da empresa (para acessar clique aqui) ou em alguma agência credenciada. <Aqui vai uma dica valiosa: para evitar a flutuação do câmbio, a compra pela agência é feita em cartão e direto em R$, portanto vale mais a pena em um cenário onde o dólar está flutuando muito.>
  3. Você chega no Japão somente com um voucher do JR Pass, e precisa trocá-lo nos escritórios da JR localizados no aeroporto ou estações principais.
  4. Não é válido para os trens Nozomi e Mizuho, que são os mais rápidos pois param somente nas principais estações do percurso (ideal para percorrer longas distâncias). O nome dos trens pode ser observado nos painéis das estações, e do lado externo do trem – existe inspeção randômica, e você está sujeito a multa se utilizar estes trens indevidamente.
  5. Para entrar nas estações, são utilizadas as entradas laterais, e precisa mostrar obrigatoriamente o passaporte tanto na entrada, quanto na saída.
  6. Existem 3 tipos de carros: Reserved seats – você pode reservar os assentos com antecedência à viagem, Non-reserved seats – você pode sentar em qualquer assento livre, e Green Car – carro de primeira classe identificado por um trevo. No caso do Green Car, é necessário ter um ticket diferenciado que custa mais caro e à parte do JR Pass.
  7. O mais importante é ver se realmente vale a pena comprar o JR Pass, e tudo depende do seu roteiro e do tempo que você vai ficar. A conta por trecho pode ser feita através do site da Hyperdia.

 

Em um primeiro momento, o valor do JR Pass pode assustar um pouco…mas se você pretende percorrer longas distâncias, com certeza vale a pena investir nele. A malha de metrô é infinita no Japão, portanto pesquise bastante as linhas que fazem parte do seu percurso – em quase todas você vai encontrar uma linha JR que atenda a sua necessidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s