Maya Bay

14 de Outubro – Quarta-feira

Depois de uma manhã toda na praia de Phi Phi Don, durante uma caminhada paramos em uma das diversas agências da ilha e fechamos o Half Day Tour para Maya Bay. Começava às 13hs e retornava às 18hs.

Próximo ao horário do almoço seguimos até o ponto de encontro. Logo o barqueiro nos chamou e nos juntamos a um grupo de mais 11 pessoas. A primeira parada deste tour é na Monkey Island. Achamos meio desnecessária a parada; você mal desce do barco e vários macacos já vêm ao ataque em busca de comida, e se você vacilar levam sua mochila, máquina, óculos…o que estiver no alcance deles. Tem uma placa gigante dizendo “não alimente os macacos”, mas até cerveja as pessoas dão para eles. Não via a hora de sair daquele lugar.

014.025
Monkey Island

Passamos pela Viking Cave, onde não se pode descer mas de fora é bem intrigante. Contornamos uma parte da Phi Phi Le, observando aquele mar azul de doer os olhos. Em certo ponto, o barqueiro faz uma parada para o snorkeling. O mar é bem transparente; o tempo estava meio fechado e começou a chover, então decidi não mergulhar. O maior erro que eu podia cometer – o barco balançava demais, e o estômago deu indícios de revirar.

Enfim chegamos em Maya Bay, do filme “A Praia”, do Leonardo de Caprio. Antes de sair, o barqueiro recolhe o valor da taxa de entrada na ilha (THB 200/pessoa). A entrada não é das mais fáceis; ao descer do barco você enfrenta alguns corais e pedras no fundo do mar que machucam o pé – graças a dica de um amigo meu, compramos umas botinhas de neoprene que servem para andar nestas pedras, e éramos os únicos a andar com mais facilidade. Depois, ou você escala uma rede ou entra pelo buraco embaixo da ponte se a maré estiver baixa.

Você segue uma trilha bem rápida que te leva até a praia. Realmente, ela é linda e super aconchegante. Mas confesso que deveria ter feito Maya Bay no private boat. Era mais caro, mas o longtail boat é exclusivo e vai para lá em horário alternativo, sem muita gente para competir com a paisagem. Outra alternativa que também me arrependi, era ter feito o MAya Bay Sleepaboard. Você dorme no barco, e tem a vantagem de pegar o nascer do sol às 6 da manhã em Maya Bay (a reserva deve ser feita com bastante antecedência pelo site, pois as vagas são limitadas).

014.135

Saindo de Maya Bay, contornamos a ilha e fizemos uma última parada para snorkeling na entrada da praia. Muitos peixes, tudo muito lindo. A volta no barco foi torturante pra mim. Comecei a passar muito mal do estômago (talvez porque bebi um pouco da água do mar durante o snorkeling ou pelo arroz que deram de lanche durante o tour); e para ajudar, o cara que estava sentado atrás de mim, ficou catarrando a vida inteira dele e cuspindo no mar. Quando chegamos no pier, saí correndo para o hotel. Fiquei um pouco mal por algumas horas, mas mais tarde conseguimos sair para comer alguma coisa; nesta noite nada de festa – voltamos cedo para o quarto pois não estava 100%.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s